presidente

Fotos

Link para a página da Autarquia no Flirck onde são apresentadas e categorizadas as fotos referentes a iniciativas e eventos levados a cabo pela Autarquia.

Ver Fotografias

NOTÍCIAS

Município vai ampliar o Centro Escolar Vipasca

PUBLICADO EM:02 de janeiro

Considerando que o edifício atual do Centro Escolar Vipasca não responde a todas as necessidades sentidas pela comunidade educativa, o projeto de ampliação do Centro Escolar Vipasca foi concebido para dar resposta ao nível de salas de aula para o ensino básico e para o ensino pré-escolar, bem como reforçar a oferta de espaços educativos e de trabalho para os professores, auxiliares, alunos e encarregados de educação, tendo em vista, não só as atuais exigência educativas, como as futuras, cada vez mais vastas e abrangentes.

 

É à luz deste entendimento que se acentua e reforça o carácter e a estratégia de ampliação proposta e se perceciona o conjunto de efeitos diretos e induzidos aos níveis social, funcional, cultural e económico que decorrerão da sua concretização, enquadrada numa prioridade política há muito definida pela autarquia – a prioridade ao investimento na educação e qualificação da população do concelho.

 

Pretende-se, assim, a construção de um edifício autónomo, destacado e resguardado, para proporcionar um espaço letivo para complemento das valências existentes de Ensino Pré-Escolar e Ensino Básico do 1º Ciclo, num total de 4 nova salas de aula, destinadas ao Ensino Pré-Escolar e as restantes ao 1º Ciclo, complementadas por um conjunto de espaços imprescindíveis ao regular funcionamento do estabelecimento, mas que são insuficientes, nomeadamente salas de atividades, salas polivalentes e gabinetes de trabalho para professores.

 

A área total de construção que se pretende levar a efeito é de 1486.00 m², aos quais se acresce uma área de 376,90 m² de zonas exteriores cobertas.

 

O novo edifício irá ocupar o espaço designado de “Bloco C”, complementar da Escola EB 2,3 Dr. Manuel Brito Camacho, o qual será demolido antes de se iniciarem os trabalhos de construção da ampliação. Por questões de salvaguarda de património edificado e de consideração ambiental, foi equacionada a possibilidade de transformar este referido “Bloco C”, adequando-o ao programa necessário.

 

O edificado irá desenvolver-se em dois pisos, interligados por escadas e ascensor dimensionado para a circulação de utentes com mobilidade condicionada, deslocando-se em cadeira de rodas.

 

A empreitada terá um valor aproximado de 1 milhão e 439 mil euros, cofinanciados pelo Portugal 2020.

BANNER_GuiaComercialEmpresarialcomunicacaoleituraPM01banner_MapaConcelhoBanner Site Autarquicologo_portal_cidadaobanner_contactos
   Inalentejo - Qren - CCDR-A       COMPETE - Programa Operacional
Factores de Competitividade    Qren - CCDR-A       União Europeia